Cotaçoes de Deming

“O estilo atual de administração é o maior causador de desperdícios, provocando grandes perdas cuja gravidade não pode ser avaliada ou medida.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 22

“É interessante observar que o sistema atual de administração foi criado com a melhor das intenções, sem o conhecimento…”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 22

“O trabalho árduo e o máximo empenho não vão sozinhos, nos tirar do poço.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 22

“a maioria dos problemas e das possibilidade de melhoria chega ás seguintes proporções:”

94% pertencem ao sistema (responsabilidade da administração);
6% dependem de causas especiais.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 22

“Atualmente, 95% das mudanças feitas pela administração não resultam em melhoria alguma.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 22

“Certamente, precisamos de bons resultados, mas a administração por resultados não e a melhor maneira de se obterem resultados positivos…É importante trabalhar sobre as causas dos resultados –por exemplo, no sistema.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 22

“Quem administrar o sua empresa em números visíveis só, em tempo não vai ter nem empresa nem valores.”
“Out of the Crisis”, 1982

“O mais importante figuras necessário para gestão são desconhecidas, ou que não há como saber”
“Out of the Crisis” 1982 – Ch. 3  -Diseases and Obstacles-, page 121

“Está errado supor que o que não pode ser medido não pode ser administrado – um mito oneroso.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 35

“O sistema de avaliação de cargos cria competição entre pessoas, vendedores, equipes e departamentos. Ele desmoraliza os funcionários.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 35

“A avaliação de pessoas indica abdicação da administração.”
“The New Economics” 1994 – Ch. 2  -The Heavy Losses-, page 26

“a administração por objetivos (APO) e a administração através de números e metas numéricas é uma tentativa de administrar sem o conhecimento do que fazer, e, na realidade, é administração pelo medo.”
“Out of the Crisis” 1982 – Ch.2  -Principles for Transformation-, page 76

“Ao gerênciar, precisa liderar. Ao liderar, é preciso compreender o trabalho.”
“Out of the Crisis” 1982 – Ch.2  -Principles for Transformation-, page 76

“A maior desperdício … é a falha de usar as habilidades de pessoas… à falhar de aprender sobre suas frustrações, e as contribuições que eles estão ansiosos para fazer.”
“Out of the Crisis” 1982 – Ch.2  -Principles for Transformation-, page 53

15 “Lucros de curto-prazo não seriam um indicador confiável de desempenho da gestão. Qualquer um pode pagar dividendos pelo adiamento de manutenção, ou eliminação de pesquisa, ou adquirir outra empresa”
“Out of the Crisis” 1982 – Ch.2  -Principles for Transformation-, page 20

Comments are closed.